Ecntre seu Seminovo

até » Veja nosso estoque

« voltarNOTÍCIAS


Um mundo sem motorista: qual o impacto na sociedade.



03 - Foco no produto vira foco em soluções e serviços


Com a hipótese de que, em 20 anos, o carro autônomo seja realmente um padrão de mercado, o setor automotivo precisará mudar sua proposta de valor, normalmente baseada na experiência de condução e dirigibilidade dos produtos. Será preciso entregar valor na experiência e soluções em mobilidade. O que importará se o automóvel tiver 350 cavalos ou torque de 120 kgf.m a 2 mil rpm se o cliente não estiver efetivamente dirigindo? Se o seu foco agora está no que ele pode fazer dentro do carro, o cliente estará interessado em como poderá aproveitar melhor seu tempo – lazer, trabalho, entretenimento etc.

Com isso pode-se esperar uma grande revolução nos automóveis, em seu design exterior e interior e oferta de equipamentos. Novos fornecedores, soluções e tecnologias irão fervilhar em uma revolução no setor análoga a causada pela chegada internet. 

O portfólio de produtos da montadora poderá ser desenvolvido para prover um menu ou serviço completo de mobilidade ao cliente, para suas diversas situações. O cliente, ao invés de comprar um carro, comprará o serviço de mobilidade com várias alternativas e níveis de atendimento – mais ou menos luxuoso, com mais ou menos opções de carros, etc. 

Com o foco das montadoras orientado mais para a experiência dentro do carro, enquanto o cliente deixa a tecnologia o levar, a responsabilidade da fabricante também aumenta. Se é o carro que dirige, em caso de colisão a responsabilidade também deixa de ser do cliente. Assim, a montadora deverá refletir sobre os custos e riscos de seus carros. Empresas de seguros e a legislação de trânsito deverão adaptar-se.


NEWSLETTER

Preencha os campos ao lado e receba por e-mail as últimas novidades e promoções da Rüdiger.
Aceito receber novidades e promoções do Grupo Rudiger